quarta-feira, 14 de julho de 2010

DESIGNER BRITÂNICA CRIA ROUPA "TECIDA" POR BACTÉRIAS

BioCulture de Suzanne Lee

Suzanne Lee usou as bactérias que causam a fermentação do chá verde para criar tecidos aparentemente “do nada”. A pesquisadora da School of Fashion & Textiles da Central Saint Martins, em Londres, criou a receita do tecido com levedura, um pouco de bactéria e chá verde adocicado.
As fibras do tecido começaram a brotar da mistura de micróbios e propagaram-se. Até que, no final, transformavam-se em finas e úmidas folhas de celulose bacteriana, ideais para serem moldadas no formato de roupas. O experimento e - obra de arte - ganhou o nome de BioCouture.

Material de cultura na banheira no primeiro dia (esq.); folha de celulose retirada da banheira depois de 2 semanas (dir.)

Quando as folhas de celulose secaram, as partes sobrepostas da roupa ficaram grudadas formando as “costuras”. Depois de totalmente seca, a peça ficou com aspecto de papiro e poderia ser branqueada ou tingida com extratos vegetais.
A roupa de bactéria está exposta no Museu de Ciência de Londres e faz parte da mostra Trash Fashion: Designing Out Wast, algo como Moda Trash: Design Feito de Lixo.

Fonte: Revista Galileu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja sempre bem vindo ao meu Blog. Muitíssimo obrigado, pela visita simpática!