terça-feira, 8 de março de 2011

COMO LAVAR TECIDOS SINTÉTICOS

Imagem: Galeria do Google

O segredo para manter roupas, tapetes, almofadas ou cortinas em boas condições é, primeiramente, saber qual o material que compõe cada peça e, consequentemente, a melhor maneira de cuidar delas.
“A maioria dos itens possui etiquetas com instruções de lavagem. Segui-las é o melhor modo para nunca errar”, comenta a assistente de lavanderia Carlota Fatore.
Entretanto, certas informações podem não estar incluídas nessas instruções de cuidado. Por isso, dicas podem ajudar a manter os itens com maior qualidade e melhor visual.
Conheça os melhores métodos:

Acetato: esse tipo de fibra está relacionado à seda artificial e tem um bom caimento. É encontrado no tecido de tafetá, em crepes, na seda javanesa, etc... 
- Se a etiqueta especificar que a peça é lavável, lave-a na mão, cuidadosamente, e com a ajuda de água morna, utilizando detergente de ação suave. Nunca deixe de molho as peças coloridas.
- Seque o tecido no varal, distante da luz direta e do calor. Na hora de passar, utilize a temperatura fria do ferro, do avesso e enquanto a peça estiver úmida.

Triacetato: apesar de ser muito parecido com o acetato, é menos sensível ao calor. Muitas vezes está presente no tecido de jérsei, em malha texturizada e tafetá.
- As peças podem ser lavadas na água fria, porém, deixe agir na máquina de lavar por apenas 3 minutos. Use detergente multiuso.
- Seque no varal ou na secadora. Use o ferro de passar em temperaturas altas.

Acrílico: os tecidos feitos com acrílico puro não amassam e normalmente podem ser lavados na máquina. Já as fibras acrílicas são misturadas com poliéster ou lã.
- Lave as peças a seco, na mão em água morna, ou leve à máquina de lavar juntamente com um detergente multiuso.
- Vire a roupa do avesso para reduzir o risco de formação de bolinhas.

Modacrílico: fibra muito utilizada na fabricação de peles falsas, mantos de lã, mantas e bichos de pelúcia. É leve, quente e resistente ao mofo e danos causados pela luz solar.
- Lave as peças à mão e as mais resistentes na máquina de lavar, com água morna e detergente suave. O uso de amaciante também é liberado.
- Caso haja a necessidade de passar, utilize o ferro em temperatura mais fria.
Náilon: são extremamente resistentes, leves, lisos e brilhantes. São impermeáveis e não amassam.
- As peças de náilon podem ser lavadas na máquina com tranquilidade, com água morna e detergente.
- O uso do amaciante é indicado para reduzir significativamente a eletricidade estática.

Poliéster: esse tecido é maleável (tem um pouco de elasticidade, devido à sua estrutua molecular), resistente e não amassa, porém, forma bolinhas quando é esfregado e torna-se amarelado com o tempo.
- Para lavar, vire a peça do avesso ou coloque-a em um saco próprio para ir à máquina. Previna que os fios sejam puxados.
- Cuidado com as peças de poliéster branco. Dica: deixe-as de molho durante a noite em uma mistura de meio copo de detergente em 3 litros de água quente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja sempre bem vindo ao meu Blog. Muitíssimo obrigado, pela visita simpática!